Publicado 05 de Fevereiro de 2021 - 19h05

A TV Globo, através da sua Comunicação e diferentemente do que pensa a coluna, assegura que o investimento em filmes continua como uma das prioridades da programação. E com a audiência crescendo ao longo dos anos. Também informa que, há mais de uma década, mantém as mesmas oito sessões de cinema, exibindo cerca de 900 filmes por temporada, por meio de contratos com todos os estúdios americanos, bem como os maiores do mercado independente. Em 2019, segundo a nota, foram levadas ao ar 114 produções brasileiras e que, ainda no ano passado, 198 milhões de pessoas assistiram a um dos seus filmes, enquanto 98 milhões pelo menos um por semana. Tudo muito bom, tudo muito bem, mas aqui, quando se fala em filmes na televisão, a referência não é feita só ou diretamente à TV Globo. Mas também ao SBT, Record, Rede TV!, Band etc., que há tempos se desinteressaram em manter contratos milionários com as grandes distribuidoras. E isto, claro, sem deixar de considerar que a TV paga, hoje tem a maioria dos seus canais em situação das mais delicadas.