Publicado 18 de Fevereiro de 2021 - 19h03

Por Lucas Rossafa

A Ponte Preta manifestou interesse na renovação do vínculo com o atleta, após vencimento em 31 de janeiro

Divulgação/ Ponte Preta

A Ponte Preta manifestou interesse na renovação do vínculo com o atleta, após vencimento em 31 de janeiro

De olho no Campeonato Paulista, o Departamento de Futebol da Ponte Preta vê renovação por Guilherme Pato esfriar com o Internacional RS.

O atacante esteve emprestado pelo Colorado até o fim da Série B do Campeonato Brasileiro e não vai seguir na Macaca em 2021.

Fora de Campinas desde o início do mês, o jogador será utilizado pelo clube detentor dos direitos econômicos na disputa do Campeonato Gaúcho a partir do último final de semana de fevereiro, enquanto o elenco titular deve estar focado no start da Copa Libertadores da América.

"Realmente, a gente sempre teve o interesse de contar com o Pato aqui conosco, porém entendemos o momento do seu clube, detentor dos seus direitos. A Ponte Preta não fica estacionada somente em um jogador. Estamos buscando alternativas dentro do mercado. Eu tenho certeza de que, em breve, a gente possa conseguir trazer um jogador nas características desse atleta", projetou Alex Brasil, executivo de futebol.

"Tudo o que a gente tem feito, graças a Deus, vem caminhando bem. Daquilo que programamos, está andando da forma que planejamos, sim. Não tivemos nenhum impasse e nenhuma barreira", emendou.

Pato foi contratado pela diretoria executiva em agosto e fez quatro gols em 33 jogos no segundo semestre, período no qual oscilou entre o banco de reservas e a titularidade - o garoto de 19 anos, aliás, foi um dos destaques do título da Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2020.

A Alvinegra manifestou interesse na renovação do vínculo com o atleta, após vencimento em 31 de janeiro, porém retorna ao mercado em busca de peças de reposição, principalmente também por conta da saída de Bruno Rodrigues, oficializado como reforço do São Paulo.

"A Ponte não espera ninguém. Estamos trabalhando outras situações. É claro que, se dentro do momento tiver encaixado na nossa necessidade ainda, é um jogador que veio, já se adaptou e conhece muito bem o clube. A gente prefere dar sequência nisso. Caso não ocorra, a gente tem buscado outras alternativas, mas a Ponte não fica refém de nenhum atleta nesse momento", comentou Brasil.

Pato e o estafe sinalizaram positivamente quanto à possibilidade de continuar no Moisés Lucarelli até o fim da temporada, porém algumas incertezas no Internacional atrasaram a negociação.

Escrito por:

Lucas Rossafa