Publicado 12 de Fevereiro de 2021 - 20h54

Por Da redação

Elenco da Ponte faz o primeiro treino após o recesso, apenas atividades físicas ministradas

Diego Almeida/ Pront Press

Elenco da Ponte faz o primeiro treino após o recesso, apenas atividades físicas ministradas

Com passagem recente pelo futebol turco, o zagueiro se antecipou à estreia no Campeonato Paulista e, de cara, já elencou as principais características como profissional.

"Eu me defino como um zagueiro viril. Eu tenho a qualidade para sair jogando com as bolas nos pés sem problema nenhuma, mas também na hora em que apertar eu vou dar um balão. Eu não vou tentar sair jogando e acabar sofrendo um gol por dar um passe que, no final das contas, não vai acabar sendo produtivo", declarou o beque.

O defensor, adepto do estilo mais raiz, garantiu não ter dúvidas de dar um balão ao ataque para evitar que o Alviverde sofra um pouco gol a partir da saída de bola no campo defensivo.

"Se tiver que sair jogando, eu vou sair. Se tiver que dar balão, também vou fazer. O zagueiro, primeiramente, tem que defender, é claro. Eu vou ajudar da melhor maneira os companheiros com passe. Se achar melhor dar um balão, vou dar balão para não tomarmos um gol bobo", acrescentou.

Posição

Thales, de bom porte físico e estatura, revelou ter a predileção por atuar no lado direito da defesa do Guarani na próxima temporada - Walber, Romércio e Victor Ramon são os demais concorrentes.

"Eu sempre tive por preferência jogar do lado direito, mas lá na Turquia, como o nível é um pouco mais baixo e os outros atletas acabavam não dando conta de jogar no lado esquerdo, eu comecei a jogar no lado esquerdo. Para mim, já fica muito mais fácil jogar do lado esquerdo, porque tive uma adaptação. Os movimentos ficam mais naturais de atuar por ali", antecipou.

De cara fechada aos atacantes e pertencente ao estilo 'zagueiro à moda antiga', o jogador confirmou ter perfil de xerife e garantiu comprar a briga dentro de campo a favor dos companheiros.

"Esse é o meu perfil. Comigo não tem muita brincadeira. É que nem eu falei: se eu tiver que dar balão, no jogo inteiro eu vou dar balão para não arriscar tomar um gol. Esse é o meu perfil. Estufo o peito. Se tiver que brigar com os caras eu vou brigar. É assim. A gente vai se adaptando", completou.

Revelado nas categorias de base do Internacional, pelo qual ganhou destaque em 2019, Thales contabiliza passagens por Bahia, Atlético-GO, CSA, onde viveu ótimo momento individual, Vitória, Criciúma, Paraná e Ankaraspor, da Turquia, com o qual rescindiu vínculo amigavelmente após seis meses de salário atrasado.

Além do atleta, o Conselho de Administração já oficializou a contratação do meio-campista Tony, ex-Ferroviária, e os empréstimos do volante Pedro Acorsi e do centroavante Rafael Costa.

Em pré-temporada, o Guarani se prepara para estreia no Campeonato Paulista, no último final de semana de fevereiro, entre os dias 27 e 28.

Bugre define novo treinador de goleiros

 

Silvano Austrália é confirmado como novo preparador de goleiros do Guarani.

Experiente, profissional iniciou os trabalhos no Bugre na última segunda-feira, data de apresentação do elenco para pré-temporada.

Silvano, novo integrante da comissão técnica de Allan Aal, anunciou a chegada ao Brinco de Ouro da Princesa por meio de publicação no Instagram e vai ter a responsabilidade de substituir Gilberto Félix, contratado no início de 2020 com alto prestígio por passagens em Recife.

No momento, Austrália tem treinado apenas dois goleiros: Gabriel Mesquita, titular absoluto no returno da Série B do Campeonato Brasileiro, e Lucas Cardoso, cria das categorias de base e com apenas uma partida no time principal - na goleada ante o Cuiabá.

Escrito por:

Da redação