Publicado 04 de Fevereiro de 2021 - 12h10

Por Da redação

Doria libera reabertura e anuncia pacote de aux?lio em SP

Importação

Doria libera reabertura e anuncia pacote de aux?lio em SP

O fim da Fase Vermelha e da cosequente restrição à abertura de bares e restaurantes em Campinas, anunciada ontem pelo governador João Doria (PSDB), é positiva, mas traz baixo impacto para o setor, avaliou a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes da Região Metropolitana de Campinas (Abrasel RMC). De acordo com a entidade, o retorno das atividades aos sábados e domingos, com limite de atendimento até às 20h nos demais dias da semana, não atenuará as perdas de R$ 60 milhões registradas semanalmente pelos estabelecimentos na RMC.

A Abrasel RMC também considerou inexpressivo o pacote de apoio aos setores do comércio, turismo e serviços apresentado por Doria. Segundo o governador, o Estado fará um aporte de R$ 125 milhões em crédito às empresas interessadas, por meio do Banco do Povo e do Bando Desenvolve SP. Os empréstimos serão concedidos "a juros baixos" e "com velocidade sem burocracia" para valores expressivos, conforme Doria.

O pacote contempla, ainda, a suspensão no corte de fornecimento de gás e água para todos os estabelecimentos comerciais de São Paulo até 30 de março. As contas pendentes poderão ser parceladas em até dois meses, sem multas ou juros. Para a Abrasel RMC, a linha de crédito é insuficiente para atender às necessidades de bares e restaurantes, fortemente afetados pela crise financeira gerada pela pandemia de covid-19.

Pelos cálculos da entidade, se todos os 400 mil empreendimentos que pertencem ao segmento da alimentação do Estado pedissem financiamento, cada um teria direito a pouco mais de R$ 300, valor equivalente ao custo de um vale-transporte e meio. Pra tentar atenuar a situação dos estabelecimentos com dificuldades de caixa, a Abrasel RMC encaminhou ofício à Prefeitura de Campinas solicitando permissão para estender em mais duas horas o atendimento para quem já estiver dentro de bares e restaurantes.

"A retirada parcial das restrições no final de semana é um alívio, melhor do que estar fechado, mas não resolve o problema do setor como um todo", comenta Matheus Mason, presidente da Abrasel RMC. "É preciso que o setor volte a trabalhar, seguindo todas as normas e recomendações de espaçamento e cuidados, para que tenha fôlego para pagar suas contas e salários dos funcionários".

A Abrasel RMC vem reforçando junto aos seus associados e a todo o setor que tomem todos os cuidados referentes às regras de distanciamento e medidas sanitárias de combate à pandemia. "Somos um setor que preza pelas regras e a maioria dos donos de bares e restaurantes tem seguido as normas às riscas, cuidando da saúde de seus funcionários e clientes", alega o presidente da entidade.

Escrito por:

Da redação