Publicado 28 de Fevereiro de 2021 - 13h20

Por AFP

Israel confirmou neste domingo que vacinará os palestinos da Cisjordânia que têm permissão para trabalhar nos assentamentos judeus nos territórios ocupados e em Israel.

A unidade militar israelense responsável pelos temas civis nos Territórios Palestinos afirmou em um comunicado que existe aprovação política para vacinar "os trabalhadores palestinos com permissão de trabalho" em Israel.

As campanhas de vacinação, que começarão nos próximos dias, acontecerão nas passagens de fronteira entre Israel e Cisjordânia, assim como dentro das colônias.

A Autoridade Palestina afirmou na semana passada que havia alcançado um acordo com Israel para a vacinação de 100.000 trabalhadores palestinos.

Israel, que está entre os países mais avançados na vacinação, recebeu apelos da comunidade internacional para garantir a imunização de todos os palestinos na Cisjordânia ocupada e em Gaza bloqueada.

A Autoridade Palestina espera receber quase dois milhões de doses de vários fabricantes, além das doses do programa Covax, respaldado pela ONU e criado para ajudar as nações mais pobres a adquirir vacinas.

bur/bs/sw/tjc/mb/fp

Escrito por:

AFP