Publicado 28 de Fevereiro de 2021 - 8h00

Por AFP

Seis manifestantes foram mortos neste domingo pelas forças de segurança em Mianmar, no dia mais violento dos protestos contra o regime militar, que assumiu o poder após o golpe de Estado de 1º de fevereiro, informaram as equipes de emergência e um ex-deputado.

Três homens morreram depois que foram atingidos por tiros na cidade de Dawei, sul do país, enquanto dois jovens de 18 anos faleceram na localidade de Bago, segundo as equipes de emergência. Uma sexta pessoa morreu em Yangon, informou no Facebook um ex-deputado do governo civil que foi derrubado pelos militares.

bur-gle/oho/me/fp

Escrito por:

AFP