Publicado 26 de Fevereiro de 2021 - 18h10

Por AFP

Os Estados Unidos vão iniciar em meados de março um teste clínico com uma versão da vacina contra a covid da Moderna específica para a variante sul-africana, disse nesta sexta-feira (26) Anthony Fauci, assessor da Casa Branca para a pandemia.

O teste de fase 1 abrangerá 210 pessoas para estudar tanto a resposta imune gerada pela vacina quanto sua segurança, disse.

Diferentemente dos testes anteriores, não haverá placebo e, ao contrário, serão analisadas várias combinações da nova vacina e da anterior, tanto em pessoas que se imunizaram anteriormente quanto em quem não o fez.

O objetivo é determinar como se comparam as diferentes estratégias em sua capacidade de neutralizar a cepa B.1.351, que demonstrou reduzir em parte a eficácia das vacinas atuais.

A realização do teste em etapa iniciar "não significa necessariamente um compromisso para produzir 300 milhões ou 600 milhões de doses desta vacina", disse Fauci.

"Tudo isso dependerá da dinâmica do surto e quais outras variantes poderiam ser dominantes", acrescentou.

A FDA, agência que regulamenta os medicamentos nos Estados Unidos, disse no começo desta semana que as vacinas contra a covid específicas para variantes provavelmente não precisariam passar pelo mesmo nível de testes clínicos que as primeiras versões para receber a autorização de uso.

la/ia/dw/yow/yo/mvv

Escrito por:

AFP