Publicado 26 de Fevereiro de 2021 - 6h10

Por AFP

O "pai da independência" de Papua Nova Guiné, país do qual foi o primeiro chefe de Governo, Sir Michael Somare, faleceu nesta sexta-feira vítima de câncer aos 84 anos, anunciou sua família.

Conhecido no país como "o chefe", Somare liderou Papua Nova Guine à independência em 1975 e foi primeiro-ministro durante 17 anos em três ocasiões entre 1975 e 2011.

De acordo com sua filha, Betha Somare, o pai tinha câncer de pâncreas e ficou uma semana hospitalizado.

Durante décadas, Somare dominou a vida política de Papua Nova Guiné. Ele se afastou da vida política em 2017, depois de 49 anos no Parlamento.

"Nossa nação honra este grande líder", declarou o primeiro-ministro, James Marape, que pediu "uma semana de silêncio, paz e calma" para prestar homenagem a um homem "ao qual nosso país deve muito".

Filho de um policial, Somare nasceu em Rabau em 9 de abril de 1936. Foi professor antes de trabalhar para a rádio pública e entrar para a política.

Grande orador, ele ajudou a fundar o Partido Nacionalista da União de Papua Nova Guiné (PANGU) em 1967 e venceu as eleições parlamentares em 1968.

Após anos de oposição, entrou para o governo em 1972 e virou primeiro-ministro em 1975.

bur-arb/ch/alc/plh/erl/dga/fp

Escrito por:

AFP