Publicado 25 de Fevereiro de 2021 - 20h00

Por AFP

John Geddert, técnico da equipe de ginástica feminina dos Estados Unidos nas Olimpíadas de 2012, cometeu suicídio nesta quinta-feira após ser acusado de cometer agressão sexual contra várias jovens, informou a promotoria estadual do estado de Michigan.

"Meu escritório foi notificado de que o corpo de John Geddert foi encontrado nesta tarde depois de se suicidar", disse a procuradora estadual Dana Nessel em uma mensagem em sua conta no Twitter.

"Este é um final trágico de uma história trágica para todas as pessoas envolvidas", acrescentou.

Na manhã desta quinta-feira, a procuradora anunciou que Geddert, de 63 anos, iria enfrentar 24 acusações por crimes de abusos físicos, verbais e sexuais contra uma série de vítimas, cometidos entre 2008 e 2018 em seu clube de ginástica.

Larry Nassar, ex-médico da seleção americana de ginástica, trabalhava nesse clube e foi condenado em 2018 por abusar sexualmente de mais de 200 atletas.

gbv/cl/aam

Escrito por:

AFP