Publicado 25 de Fevereiro de 2021 - 16h10

Por AFP

A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) pediu, nesta quinta-feira (25), em um comunicado que as nações busquem combater os intermediários que "promovem os crimes fiscais".

"Os intermediários fiscais costumam ser a chave do sucesso de crimes como a evasão fiscal, o suborno e a corrupção", disse Grace Pérez Navarro, vice-diretora do Centro de Política e Administração da OCDE, citada no comunicado.

Um "pequeno número" de serviços profissionais "ajuda os criminosos a ocultar sua identidade através de empresas fictícias, estruturas legais e complexas transações financeiras, usando sua experiência e um verniz de legitimidade", afirmou Pérez Navarro.

Para "dissuadir, detectar e neutralizar melhor" esses intermediários, a OCDE pede aos Estados que garantam que os investigadores fiscais contem com os meios para identificá-los e que a lei conceda a eles e aos promotores "poderes suficientes".

Também recomenda a designação em cada país de um funcionário e um órgão para supervisionar a aplicação da estratégia contra esses intermediários.

boc/gde/pcm/mab/mb/aa

Escrito por:

AFP