Publicado 25 de Fevereiro de 2021 - 7h51

Por AFP

A chamada "covid longa", que afeta misteriosamente um número significativo de pacientes de covid-19, deve ser "uma prioridade clara" para todas as autoridades sanitárias do mundo - afirmou o escritório europeu da Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quinta-feira (25).

"É uma prioridade clara para a OMS e da mais alta importância. Deve ser para todas as autoridades sanitárias", frisou o diretor para Europa desta agência da ONU, Hans Kluge, em entrevista coletiva.

map-jll/po/mar/zm/tt

Escrito por:

AFP