Publicado 24 de Fevereiro de 2021 - 16h00

Por AFP

O regulador egípcio de medicamentos homologou, nesta quarta-feira (24), uma nova vacina contra o coronavírus, a russa Sputnik V, um mês depois do início de sua campanha de vacinação.

Segundo um comunicado divulgado no Facebook, a autoridade egípcia de medicamentos afirmou ter concedido a "autorização urgente" para o uso desta vacina.

Além da vacina russa, o Egito aprovou também nesta quarta-feira a da AstraZeneca, "importada da Coreia do Sul", que se junta às doses desta vacina produzidas na Índia, assim como as da chinesa Sinopharm.

O país mais populoso do mundo árabe, com mais de 100 milhões de habitantes, começou sua campanha de vacinação em 24 de janeiro.

O Egito registrou oficialmente até agora mais de 179.000 casos de covid-19, entre eles cerca de 10.400 mortes. Este saldo é inferior ao número real de contágios, segundo autoridades da Saúde.

mon-emp/sc/vl/tjc/mb/aa

Escrito por:

AFP