Publicado 24 de Fevereiro de 2021 - 8h50

Por AFP

O candidato da oposição no Níger, Mahamane Ousmane, reivindicou sua vitória na eleição presidencial no país no último domingo (21), em um discurso enviado para a imprensa após o anúncio oficial de resultados provisórios da Comissão Eleitoral, apontando o candidato pró-governo, Mohamed Bazoum, como vencedor.

"A compilação dos resultados em nossas mãos por intermédio dos nossos delegados nas diferentes seções de votação nos dá como vencedores, com 50,3% dos votos", disse Ousmane, falando de seu reduto eleitoral em Zinder, no sudeste do país, em um discurso em vídeo recebido pela AFP e autenticado por membros de seu partido.

De acordo com a Comissão Eleitoral Nacional Independente (Ceni), em anúncio ontem, Bazoum venceu o segundo turno da eleição presidencial no Níger, com 55,75% dos votos, contra 44,25% de Ousmane.

Herdeiro político do presidente em final de mandato, Mahamadou Issoufou, Bazoum obteve 39,3% dos votos no primeiro turno realizado em dezembro, seguido por Ousmane, com 17%.

As eleições de 21 de fevereiro foram afetadas pela morte de oito agentes eleitorais. Sete deles morreram na explosão de uma mina, no momento da passagem de seu veículo, na área fronteiriça de Tillaberi, perto de Burkina Faso e Mali.

ah/stb/mar/zm/tt

Escrito por:

AFP