Publicado 23 de Fevereiro de 2021 - 23h20

Por AFP

O americano Tiger Woods, um dos maiores golfistas da história, foi submetido a uma cirurgia nas pernas depois de bater sozinho com seu carro na manhã desta terça-feira em uma rodovia perto de Los Angeles, na Califórnia.

Woods sofreu "múltiplas lesões" nas pernas, disse seu agente, Mark Steinberg, em um comunicado à mídia norte-americana.

"Ele está atualmente em cirurgia e agradecemos sua privacidade e apoio", acrescentou.

"Acho que ele estava consciente" e falando com a polícia, informou o porta-voz do xerife do condado de Los Angeles, Michael White, à rede de televisão CBS, acrescentando que os ferimentos de Woods não parecem ser fatais.

Carlos Gonzalez, um auxiliar de xerife e o primeiro oficial a chegar à área, disse que Woods foi encontrado "lúcido e calmo".

"Ele me disse que seu nome era Tiger e naquele momento eu o reconheci", explicou González em uma entrevista coletiva.

As equipes de resgate tiveram que usar ferramentas especializadas para extrair Woods de seu carro.

Em seguida, foi transportado pela estrada para o Harbor-UCLA Medical Center, especializado em traumatologia.

A polícia recebeu por volta das 07h12 (horário local) desta terça-feira a denúncia do acidente, ocorrido em Ranchos Palos Verdes, uma cidade do município de Los Angeles.

Woods, que estava viajando sozinho no único carro envolvido no acidente, teve que ser removido do veículo pelos bombeiros e "levado a um hospital local devido aos ferimentos", observou o Gabinete do Xerife do Condado de Los Angeles no Twitter.

"O veículo sofreu danos significativos", acrescentou a entidade, que apura as causas da colisão.

O veículo off-road de Woods, de 45 anos, acabou capotado em uma estrada sinuosa, com a frente bastante danificada e os airbags disparados, a vários metros do local do acidente, em uma área residencial.

O jogador de golfe foi anfitrião do torneio Genesis Invitational na semana passada no Riviera Country Club, perto de Los Angeles, onde não pôde competir devido a uma recente cirurgia nas costas.

De acordo com uma fonte policial citada pelo Los Angeles Times, Woods estava dirigindo em alta velocidade e perdeu o controle de seu veículo antes de capotar várias vezes.

"Devido à situação e ao estado em que encontramos o veículo, ele não conseguiu abrir a porta e sair", disse um porta-voz do corpo de bombeiros ao jornal. "Nós o tiramos, o ajudamos a sair do veículo."

Escrito por:

AFP