Publicado 23 de Fevereiro de 2021 - 13h52

Por Estadão Conteúdo

O índice de confiança do consumidor norte-americano subiu de 88,9 em janeiro para 91,3 em fevereiro, informou nesta terça-feira, 23, o instituto Conference Board. A leitura surpreendeu a previsão de alta a 91, de analistas do Wall Street Journal.

O índice de expectativas, baseado nas perspectivas de curto prazo dos consumidores para renda, negócios e condições do mercado de trabalho, porém, recuou de 91,2 em janeiro para 90,8 neste mês.

Já o indicador de condições atuais avançou de 85,5 para 92,0 no mesmo intervalo.

Diretora sênior de Indicadores Econômicos do Conference Board, Lynn Franco, destacou o desempenho do índice de situação atual após três quedas consecutivas. "Esta reversão de curso sugere que o crescimento econômico não diminuiu ainda mais. Embora o Índice de Expectativas tenha caído marginalmente em fevereiro, os consumidores permanecem cautelosamente otimistas, de modo geral, em relação às perspectivas para os próximos meses", avalia.

Escrito por:

Estadão Conteúdo