Publicado 22 de Fevereiro de 2021 - 11h40

Por AFP

O prefeito do departamento dos Alpes Marítimos, na Costa Azul e onde vivem um milhão de pessoas, anunciou nesta segunda-feira (22) a implantação por duas semanas de um confinamento aos finais de semana para combater o aumento de casos de covid-19.

Será permitido sair de casa por uma hora em um raio de 5 km e por motivos justificados (visita ao médico, passear com o animal de estimação, praticar esporte e caminhar) entre sexta-feira às 18h00 e segunda-feira às 06h00.

Os controles na fronteira italiana também serão reforçados, assim como nos aeroportos, explicou o prefeito. Além disso, as pessoas de entre 50 e 64 anos com histórico de doenças poderão se vacinar com as doses da AstraZeneca, acrescentou Gonzalez.

O confinamento de uma parte do território é uma medida inédita desde o início da crise de coronavírus na França. No início do ano, 15 departamentos (dos 96) da França metropolitana anteciparam o toque de recolher das 20h00 para as 18h00, uma iniciativa que se espalhou para todo o país em meados do mês de janeiro.

O departamento dos Alpes Marítimos, cuja capital é Nice, tem uma taxa de incidência de coronavírus de 557 pessoas a cada 100.000 habitantes (a média francesa é 197), segundo dados do escritório de saúde pública anunciados no domingo. No total, 84.300 pessoas morreram na França.

vxm-est/mdm/shu/grp/mb/aa

Escrito por:

AFP