Publicado 21 de Fevereiro de 2021 - 15h00

Por AFP

O governo israelense decidiu reabrir shopping centers e lojas de rua para toda a população a partir deste domingo (21), em sua terceira flexibilização desde o início da pandemia.

Outros locais, como academias, são liberados apenas para pessoas que têm "cartão verde", o que significa que receberam a segunda dose da vacina contra a covid-19 há pelo menos uma semana ou se recuperaram da doença.

Em uma das campanhas de vacinação mais rápidas do mundo, Israel imunizou mais de 4,3 milhões pessoas, 48% dos 9 milhões que vivem no país, com pelo menos uma dose da Pfizer/BioNTech desde dezembro, e cerca de 2,9 milhões de pessoas já receberam a segunda dose.

alv-mib-gl/vg/me/mb/jc

PFIZER

BioNTech

Escrito por:

AFP