Publicado 21 de Fevereiro de 2021 - 9h20

Por AFP

O economista de esquerda Andrés Arauz e o ex-banqueiro de direita Guillermo Lasso disputarão o segundo turno da eleição presidencial do Equador em 11 de abril, após a realização do primeiro turno há duas semanas - anunciou o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) neste domingo (21).

Arauz, herdeiro do ex-presidente socialista Rafael Correa (2007-2017), venceu o primeiro turno com 32,72% dos votos, seguido de Lasso (19,74%) e do líder indígena de esquerda Yaku Pérez (19,39%), conforme anúncio dos resultados feito pelo secretário do CNE, Santiago Vallejo.

dsl-sp/mar/tt

Escrito por:

AFP