Publicado 19 de Fevereiro de 2021 - 20h30

Por AFP

A Fiorentina ganhou fôlego com uma vitória relativamente confortável em seu estádio, contra a Spezia, por 3 a 0, nesta sexta-feira, na partida que abriu a 23ª rodada da Serie A.

O time de Florença conquistou os três pontos graças aos gols no segundo tempo do atacante sérvio Dusan Vlahovic (minuto 48), do meia Gaetano Castrovilli (64) e do francês Valentin Eysseric (82).

Com 25 pontos, a Fiorentina subiu para a décima segunda colocação, agora provisoriamente com dez pontos acima da zona de rebaixamento, o que lhe dá um pouco de tranquilidade.

Além disso, o triunfo interrompeu uma série de duas derrotas consecutivas na Serie A: perdeu para Inter de Milão (2-0) e Sampdoria (2-1).

Já a Spezia (16ª) está agora a um ponto da Fiorentina e teve sua euforia contida depois das duas vitórias anteriores, contra o Sassuolo (2-1) e especialmente diante do Milan (2-0).

No outro jogo desta sexta-feira, o Torino (17º) abriu uma distância em relação à zona de rebaixamento, que começa pelo adversário desta rodada, o Cagliari (18º), a quem venceu como visitante por 1 a 0.

O único gol da partida foi marcado pelo brasileiro Gleison Bremer, no segundo tempo (76), com uma cabeçada após um escanteio.

O Torino se reencontra assim com a vitória, a terceira nesta Serie A e a primeira sob o comando de seu novo treinador Davide Nicola, que chegou no mês passado para substituir Marco Giampaolo.

Já o Cagliari acumula uma décima sexta partida sem vitória. O time não vence no campeonato italiano desde o dia 7 de novembro.

O destaque do fim de semana é o clássico entre Milan (2º) e Inter de Milão (1ª), que decide a liderança.

A Inter entra nesse duelo com apenas um ponto de vantagem sobre os vizinhos e eternos rivais.

Roma (3ª) e Juventus (4ª), que enfrentam Benevento (15º) no domingo e o lanterna Crotone (20ª) na segunda-feira, respectivamente, estarão atentos ao que pode acontecer no "Derbi de la Madonnina", no San Siro.

-- Jogos da 23ª rodada da Serie A (horário de Brasília) e classificação:

Escrito por:

AFP