Publicado 19 de Fevereiro de 2021 - 8h28

Por Estadão Conteúdo

As vendas no varejo do Reino Unido sofreram um tombo de 8,2% em janeiro ante dezembro, à medida que lojas não essenciais ficaram fechadas durante boa parte do mês passado em função do último lockdown motivado pela pandemia de covid-19, segundo dados publicados hoje pelo Escritório Nacional de Estatísticas (ONS, na sigla em inglês) do país.

O resultado ficou bem abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam queda mensal de 2% em janeiro.

Na comparação anual, as vendas do setor varejista britânico diminuíram 5,9% em janeiro, ficando também bem aquém da projeção do mercado, que era de leve recuo de 0,1%.

Escrito por:

Estadão Conteúdo