Publicado 18 de Fevereiro de 2021 - 11h00

Por AFP

A energia elétrica está sendo gradualmente restabelecida nos Estados Unidos, embora centenas de milhares de residências continuem sem eletricidade nesta quinta-feira (18) em meio a uma onda de frio intenso que se estende por grande parte do país e deve durar até o fim de semana.

A massa de ar frio do Ártico está começando a se dissipar, informou o Serviço Nacional Meteorológico (NWS), que prevê a permanência de temperaturas abaixo de zero.

O frio pode continuar "no centro-sul dos Estados Unidos até a manhã de sábado", afirmou o NWS. "As planícies e vales do Mississippi podem esperar temperaturas entre 20 e 30 graus abaixo do normal".

Os meteorologistas disseram que mais de 100 milhões de pessoas que residem no meio-oeste foram afetadas por tempestades de inverno de intensidade variável.

Jeff Zients, coordenador da luta contra a covid-19 na Casa Branca, destacou que o clima gelado afeta a campanha de imunização e provoca o fechamento dos postos de vacinação.

O presidente Joe Biden, por sua vez, teve que adiar uma visita marcada a uma fábrica da Pfizer que produz vacinas em Kalamazoo, Michigan.

Algumas áreas do Texas, Louisiana, Arkansas e Mississippi devem sofrerão acúmulos de gelo "paralisantes" que podem levar a mais cortes de energia e danos às árvores, além de tornar as estradas perigosas.

Quase 30 mortes relacionadas ao mau tempo foram reportadas desde a chegada da frente fria na semana passada, principalmente em acidentes de trânsito, de acordo com a mídia americana.

No Texas, as empresas de energia tiveram que realizar cortes parciais desde o último fim de semana para evitar o superaquecimento do sistema devido aos picos de demanda.

A ERCOT, empresa que administra a rede de distribuição para este estado do sul do país, informou na quarta-feira que restaurou a energia elétrica em quase 1,6 milhão de residências.

"Estamos trabalhando sem parar para restabelecer a energia para os texanos", declarou o presidente da empresa, Bill Magness, em comunicado.

De acordo com o site Poweroutage.us, que monitora os cortes de energia nos Estados Unidos, mais de 674.000 assinantes no Texas estavam sem energia esta manhã.

A falta de energia foi agravada pelo fechamento de várias usinas movidas a gás e turbinas eólicas devido à situação climática.

A angústia era visível na Igreja Lakewood em Houston, onde muitos se refugiaram para escapar do frio.

Escrito por:

AFP