Publicado 17 de Fevereiro de 2021 - 14h40

Por AFP

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira (17) que indiciou três funcionários da inteligência militar norte-coreana, acusados de uma campanha de ataques cibernéticos para roubar 1,3 bilhão de dólares em criptomoedas e moedas tradicionais de bancos e outras vítimas.

Os três criaram aplicativos maliciosos de criptomoedas, hackearam empresas que comercializam e negociam moedas digitais como o bitcoin e desenvolveram uma plataforma de blockchain para escapar de sanções e levantar fundos secretamente, informou o Departamento.

pmh/jm/mps/rsr/mr

Escrito por:

AFP