Publicado 17 de Fevereiro de 2021 - 14h02

Por Estadão Conteúdo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que deve se reunir nesta quarta-feira às 15h, ao lado de outros governadores, com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para tratar do calendário de entrega das vacinas. Diante da falta de doses da vacina, Pazuello tem sido cobrado por organizações de governadores e prefeitos para que estabeleça critérios de distribuição das doses e cumpra com os prazos de entrega.

"Todos os governadores são unânimes em solicitar ao governo federal um calendário preciso para entrega de vacinas. Quantas vacinas, quando, e quais vacinas. Essas são as respostas que todos nós, governadores, esperamos do Ministério da Saúde", afirmou Doria nesta manhã durante lançamento de programa que irá avaliar a capacidade da vacina Coronavac de reduzir a taxa de transmissão do novo coronavírus.

Pressão

Nesta terça-feira, 16, a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) divulgou nota na qual diz atribuir aos "sucessivos equívocos do governo federal na coordenação do enfrentamento à covid-19" a "escassez e falta de doses de vacinas em cidades de todo o País". Para a Confederação Nacional de Municípios (CNM) é "necessária, urgente e inevitável a troca de comando da pasta para o bem dos brasileiros".

Escrito por:

Estadão Conteúdo