Publicado 17 de Fevereiro de 2021 - 12h00

Por AFP

O secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, pediu nesta quarta-feira (17) um plano global de vacinação contra a covid-19, alertando que as desigualdades nos esforços iniciais colocam a saúde e a economia mundial em risco.

Na abertura de uma sessão especial do Conselho de Segurança sobre vacinas realizada com ministros das Relações Exteriores, Guterres alertou que somente 10 nações administraram 75% das doses até o momento e 130 países não receberam nenhuma vacina.

"O mundo precisa urgentemente de um plano mundial de vacinação que reúna todos os que têm o poder necessário, a experiência científica e as capacidades de produção e financeiras", disse Guterres na reunião virtual.

Ele afirmou que o G20, as principais economias do planeta, está na melhor posição para criar um grupo de trabalho sobre o financiamento e a aplicação da vacinação mundial e ofereceu o pleno apoio da ONU.

"Se permitimos que o vírus se espalhe como um incêncio no sul global, ele sofrerá mutações continuamente. As novas variantes poderiam ser mais transmissíveis, mais mortais e, potencialmente, ameaçar a eficácia das vacinas e dos diagnósticos atuais", disse Guterres.

"Isso pode prolongar a pandemia significativamente, permitindo que o vírus volte a assolar o norte global".

prh-sct/jm/mps/ll/aa

Escrito por:

AFP