Publicado 16 de Fevereiro de 2021 - 15h50

Por Estadão Conteúdo

A cantora Gretchen, de 61 anos, anunciou nesta segunda-feira, 15, que vai passar a oferecer mentoria de vida em consultas presenciais em Belém, capital do Pará. Os atendimentos começam a partir de quinta-feira, 18, e há agenda para São Paulo entre os dias 20 e 26 de março.

Em uma publicação no Instagram, ela explicou sobre o processo ao aparecer no espaço onde os encontros vão ocorrer.

"Esse é um pedacinho do espaço onde vou atender vocês que querem mentoria de vida, que querem dividir sua experiência de vida comigo, que querem conversar, que querem falar principalmente desse momento que está tão difícil, para mim e para vocês também", disse.

"Vocês que estão com ansiedade, com problema de depressão, eu sei como é difícil passar por esse momento, a gente também está passando, mas a gente aqui do espaço holístico tem como ajudar você", completou.

Gretchen falou que o marido dela, Esdras, fará atendimentos no âmbito da musicoterapia e do reiki, uma técnica que, embora não seja reconhecida pela medicina, é usada como terapia complementar. "Eu acho que é uma terapia muito legal, alternativa, que vai fazer muito bem para você nesse momento", afirmou a cantora.

Já a musicoterapia é uma área de conhecimento que forma profissionais para, com base no caráter terapêutico dos sons, alcançar objetivos específicos. A estratégia já se mostrou eficaz para promover o bem-estar, curar dores de cabeça tensionais, controlar o estresse, frear o desenvolvimento de Alzheimer e complementar o tratamento para hipertensos ao potencializar os efeitos dos remédios.

Nos comentários da publicação, algumas pessoas questionaram se Gretchen poderia fazer esse tipo de atendimento para pessoas com ansiedade e depressão ou se o serviço seria prestado por profissionais formados. Nos stories do Instagam, ela também rebateu a crítica de um psicólogo.

"Um comentário tão feio, tão baixo, tão infeliz, de pessoas que não têm noção de nada do que é a vida [...] Não generalizando, mas falando de pessoas pequenas como esse que eu fiz questão de expor, porque não é a primeira vez que ele fala isso", disse. Gretchen, que afirmou ser coach, pediu a quem foi ajudado por ela a enviar relatos, que seriam replicados nas redes sociais dela.

Escrito por:

Estadão Conteúdo