Publicado 16 de Fevereiro de 2021 - 15h20

Por AFP

O FMI ajuda o Panamá a sair da lista do GAFI, uma entidade constituída por nações que buscam combater a lavagem de dinheiro, disse o organismo ao aprovar uma linha de crédito preventiva para o país centro-americano.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) apontou essa prioridade em documentos publicados na segunda-feira sobre a Linha de Precaução e Liquidez (LPL) de 2,7 bilhões de dólares por dois anos atribuída ao Panamá, aprovada pelo diretório em 19 de janeiro.

"A agenda de políticas durante a LPL será focada em facilitar a breve saída do (Panamá) da lista do GAFI, fortalecer a adequação dos dados e a gestão financeira pública, assim como preparar a economia para a recuperação pós-pandemia", disse o Fundo em seu relatório técnico sobre o Panamá.

O Grupo de Ação Financeira Internacional (GAFI), um organismo intergovernamental criado em 1989 para combater a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo, colocou o Panamá em sua lista em junho de 2019. Isso atinge não só a reputação de seu sistema financeiro, mas também encarece qualquer negócio através do país centro-americano.

ad/mr/aa

Escrito por:

AFP