Publicado 16 de Fevereiro de 2021 - 13h40

Por AFP

A princesa Latifa, filha do emir de Dubai e que tentou escapar do país em 2018, disse ser uma "refém" e temer por sua vida, em vídeos divulgados pela BBC.

"Estou em uma mansão. Estou sequestrada e esta mansão se transformou em uma prisão", disse a princesa, de 35 anos, em um vídeo gravado com um celular no banheiro porque "é o único cômodo com uma porta que posso fechar".

"Todas as janelas estão trancadas (...), há cinco policiais do lado de fora e duas mulheres policiais dentro", acrescenta a filha de Mohamed Bin Rached Al-Maktoum.

"Me preocupo todos os dias com a minha segurança e minha vida (...). A polícia me disse que estarei na prisão por toda a minha vida e que nunca voltarei a ver o sol", continua.

Esses vídeos serão transmitidos nesta terça-feira à notie no programa Panorama da BBC, que os obteve de amigos próximos da princesa.

Contatadas pela AFP, as autoridades de Dubai não responderam até o momento.

Em 2018, Latifa Al-Maktoum anunciou em um vídeo divulgado no Youtube querer fugir de seu país. À beira das lágrimas, disse que foi "torturada" e "presa por três anos" pelo seu pai depois de uma primeira tentativa de fuga quando era adolescente, em 2002.

Este vídeo foi publicado depois do fracasso dessa tentativa, a bordo de um veleiro que foi apreendido pela Marinha indiana.

Desde então, a princesa não se manifestou publicamente. Segundo a BBC, ela explica em seus vídeos que foi drogada no veleiro e não despertou até já ter voltado para Dubai, onde está detida.

gmo/pau/lpt/mab/mb/aa

GOOGLE

Escrito por:

AFP