Publicado 16 de Fevereiro de 2021 - 10h10

Por AFP

Uma onda de frio deve se estender pelos Estados Unidos depois de ter feito dez mortos e privado milhões de habitantes de eletricidade, inclusive em estados do sul como o Texas, com temperaturas geralmente amenas.

O Serviço Meteorológico Nacional (NWS) alertou para uma "zona extensa e sem precedentes de condições perigosas de inverno" da Costa Leste à Costa Oeste, com mais de 150 milhões de americanos em alerta.

Uma nova tempestade é esperada na região dos Grandes Lagos (nordeste), e o governador de Nova York, Andrew Cuomo, ordenou na segunda-feira que os serviços de emergência se preparassem para "neve, gelo e ventos fortes em todo o estado nos próximos dois dias".

Chuvas congelantes, nevascas e frio polar atingem os Estados Unidos há vários dias.

Dez mortes foram atribuídas ao mau tempo e as autoridades pediram aos residentes que tomem cuidado ao viajar nessas condições perigosas.

"Não sobrevivemos a quase um ano de pandemia para perder pessoas para uma nevasca ou tempestade de gelo", declarou o governador do Kentucky, Andrew Beshear.

Uma gigantesca tempestade de gelo em uma rodovia perto de Dallas provocou pelo menos seis mortos e dezenas de feridos na última quinta-feira.

As autoridades da Louisiana confirmaram a morte de um homem na segunda-feira em Lafayette, a primeira ligada ao mau tempo neste estado do sul.

Um homem morreu em um acidente de carro em uma tempestade de gelo em Kentucky, de acordo com a CBS.

Um menino morreu depois de cair em um lago congelado no Tennessee, segundo a polícia, citada pela mídia local.

Um homem idoso morreu no Texas, elevando a dez o número de mortos devido à onda de frio.

Mais acostumados a recordes de calor, o Texas é particularmente afetado por essa onda histórica de frio.

Uma espessa manta de neve cobria ruas, árvores e carros da capital do estado, Austin. Alguns lugares registraram temperatura de -18ºC no fim de semana, enquanto Houston atingiu -9 ºC.

Em razão das nevascas, geadas e medidas para evitar a sobrecarga da rede, quase 2,8 milhões de residências ficaram sem energia na segunda-feira à noite no Texas, de acordo com o site Poweroutage.us.

Espera-se que o clima extremo se estenda ainda mais ao sul, com o NWS alertando para "tempestades, chuvas fortes e baixas temperaturas esperadas para o sul da Geórgia e Flórida".

Escrito por:

AFP