Publicado 15 de Fevereiro de 2021 - 22h00

Por AFP

A Comissão Europeia vai lançar nesta quarta-feira um programa para estudar as mutações da covid-19, informou a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, em entrevista ao jornal Les Echos que será publicada nesta terça-feira.

O programa, batizado de "incubadora Hera", "reunirá laboratórios, autoridades sanitárias, cientistas e a Comissão Europeia, e contará com recursos significativos", afirmou Vou der Leyen, sem especificar o valor do aporte.

"A partir de agora, e paralelamente aos esforços atuais com vacinas, devemos ajudar os industriais a desenvolver capacidades de produção" de vacinas "de segunda geração" porque "essas mutações nos preocupam muito", completou a dirigente.

Bruxelas já havia anunciado sua intenção de lançar uma nova agência europeia, a Autoridade de Preparação e Resposta a Emergências de Saúde (Hera), para combater futuras pandemias e melhorar a coordenação entre os 27 países membros da UE.

A presidente do executivo Europeu também pediu "o desenvolvimento de parcerias mais sistemáticas entre laboratórios".

alb/ico/cbn/erl/am

Escrito por:

AFP