Publicado 15 de Fevereiro de 2021 - 10h10

Por AFP

Dezenas de milhares de casas em Nova Delhi ficaram sem água nesta segunda-feira, após uma forte enchente que ocorreu há oito dias em um vale no norte da Índia.

As autoridades indicaram que os cortes se deveram à grande quantidade de lama e detritos acumulados, oriundos do vale Rishiganga, no estado de Uttarakhand (norte), cujas águas abastecem grande parte de Nova Delhi, a 530 km de distância.

O serviço de abastecimento de água da cidade pediu aos moradores que fizessem um uso "criterioso" da água, já que duas das principais estações de tratamento da cidade não estavam operando a plena capacidade devido à grande quantidade de água suja estagnada.

A catástrofe, ocorrida no dia 7 de fevereiro, causou mais de 50 mortos e 150 desaparecidos, segundo balanço provisório das autoridades.

A enchente devastou o vale e danificou um complexo hidrelétrico, além de destruir estradas e pontes.

O fenômeno foi atribuído a princípio ao rompimento de uma geleira do Himalaia, mas outras hipóteses sugerem que poderia ser devido à formação de um lago como resultado do degelo de uma geleira, que teria acabado transbordando.

O rápido degelo das geleiras na região, causado pelas mudanças climáticas, é uma preocupação crescente.

abh/tw/lt/avz/jvb/me/mr

Escrito por:

AFP