Publicado 14 de Fevereiro de 2021 - 14h42

Por Estadão Conteúdo

Em publicação no Twitter na manhã deste domingo, o presidente Jair Bolsonaro mencionou o trabalho da Polícia Federal de apreender cerca de meia tonelada de cocaína na Bahia.

A operação ocorreu na tarde da última terça-feira (09/02) no Aeroporto Internacional de Salvador. A droga estava escondida numa aeronave de uma empresa privada com destino à Europa.

"Após a Polícia Rodoviária Federal fazer apreensão histórica de mais de 29 toneladas de maconha e de mais de 500 quilos de cloridrato de cocaína, a Polícia Federal aprende cerca de 500 quilos de cocaína na Bahia. Prejuízo contínuo ao crime organizado", escreveu Bolsonaro, aos seus seguidores na rede social.

Minutos depois da publicação do mandatário do executivo, o deputado federal Eduardo Bolsonaro repercutiu o assunto numa postagem em sua rede social. "Pela primeira vez no Brasil, um presidente abertamente celebra apreensões de drogas. O que havia antes eram diálogos cabulosos", escreveu o filho do presidente, sem explicar sobre quais "diálogos cabulosos" estava se referindo.

Escrito por:

Estadão Conteúdo