Publicado 13 de Fevereiro de 2021 - 15h30

Por AFP

Ao menos 12,4 milhões de pessoas na Síria passam fome, informou neste sábado (13) o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas.

Esse número significa que "60% da população síria não tem segurança alimentar", disse a agência da ONU, que realizou no final de 2020 uma avaliação nesse país em guerra civil há quase uma década.

A situação é "alarmante" e piorou substancialmente desde maio do ano passado, quando o Programa calculava que havia 9,3 milhões de pessoas nessa situação.

"Mais sírios estão caindo na fome, na pobreza e na insegurança alimentar do que nunca", declarou à AFP a porta-voz do PMA, Jessica Lawson.

"A situação econômica na Síria representa uma enorme pressão sobre as famílias, que não têm nada após anos de conflito, e muitos dependem totalmente da ajuda humanitária para sobreviver", afirmou Lawson.

O conflito sírio matou mais de 387.000 pessoas e deslocou milhões de suas casas desde que começou em 2011.

ah/sw/jz/eg/aa

Escrito por:

AFP