Publicado 12 de Fevereiro de 2021 - 17h50

Por AFP

O técnico argentino Hernán Crespo, campeão da Copa Sul-Americana com o modesto Defensa y Justicia em janeiro, vai comandar o São Paulo pelos próximos dois anos, anunciou o clube paulista nesta sexta-feira.

Em sua conta no Twitter, o tricolor postou uma foto e um vídeo com uma mensagem com a foto de Crespo: "Onde não chegam as pernas, vai chegar o coração".

"Depois de uma avaliação bastante técnica, cuidadosa e criteriosa, em que consultamos diferentes profissionais, entendemos que Hernán Crespo se encaixa perfeitamente no que pensamos para o São Paulo. Ele tem uma história vitoriosa, foi um grande atleta e é um técnico muito promissor", declarou o presidente do clube, Julio Casares.

"Teremos um comandante com mentalidade vencedora e o DNA são-paulino", acrescentou Casares, sem especificar se o bem sucedido ex-jogador, de 45 anos, assumiria imediatamente suas funções.

Crespo vai substituir Fernando Diniz, que deixou o cargo no início de fevereiro. Sua saída ocorreu após uma série de resultados ruins que fizeram com que o time perdesse a liderança do Brasileirão.

O São Paulo está atualmente na quarta colocação, com 59 pontos, 7 pontos atrás do líder Internacional, faltando disputar quatro jogos. A distância parece difícil de transpor, mas o time terá que lutar para se manter no pelotão da frente e garantir uma vaga na Libertadores.

Das quatro partidas restantes, duas são contra times que buscam tirá-lo do G4 (Grêmio e Palmeiras, atual campeão da Libertadores) e outra contra o Flamengo, que luta pela primeira colocação.

Segundo a imprensa argentina, Crespo, ex-atacante da seleção argentina, River Plate e Inter de Milão, entre outros clubes, havia sido cogitado para comandar a seleção chilena e um time na Itália.

jm/js/gfe/aam

Escrito por:

AFP