Publicado 09 de Fevereiro de 2021 - 8h10

Por AFP

Dois homens cristãos foram açoitados por consumir álcool e jogar por dinheiro nesta segunda-feira (8) em Aceh, a única província da Indonésia que aplica sharia, a lei islâmica.

Os dois cristãos receberam 40 golpes de vara cada um em Banda Aceh, capital desta província que pratica um Islã conservador na Indonésia, o país com a maior população muçulmana do mundo.

Um deles, identificado por suas iniciais JF, disse à AFP que escolheu este castigo em vez de um processo civil que poderia levá-lo à prisão por um máximo de seis meses.

"A polícia da sharia nos deu duas opções e escolhemos conscientemente nos submeter à lei islâmica. Ninguém nos obrigou", afirmou à AFP.

O espancamento é um castigo raramente executado sobre os não-muçulmanos na província do norte da ilha de Sumatra, onde dois homens receberam cerca de 80 golpes cada um na semana passada em Aceh por manter relações sexuais.

Sete pessoas foram açoitadas no total nesta segunda-feira em Banda Aceh. As outras cinco foram muçulmanos castigados por adultério ou consumo de álcool.

As associações de defesa dos direitos humanos denunciam esses castigos e os comparam com a tortura, enquanto o presidente indonésio Joko Widodo pediu para acabar com eles.

str-agn/pb/lgo/sva/mis/mb/aa

Escrito por:

AFP