Publicado 08 de Fevereiro de 2021 - 23h10

Por AFP

Ao menos 26 soldados e milicianos pró-regime morreram nesta segunda-feira na Síria em uma emboscada do grupo extremista Estado Islâmico (EI), informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Os extremistas, que intensificaram os ataques nos dois últimos meses, executaram uma emboscada contra os combatentes que organizavam operações perto da cidade de Mayadin, na província de Deir Ezzor, segundo o OSDH.

Do lado do regime, sete soldados e 19 milicianos aliados faleceram, sírios em sua maioria. Também morreram 11 jihadistas.

Apesar da queda de seu "califado" em março de 2019, o EI continua executando ataques violentos, sobretudo no deserto de Badiya, que vai das províncias centrais de Homs e Hama até Deir Ezzor, no extremo leste.

ho/bek/tgg/tp/pc-es/mb/fp

Escrito por:

AFP