Publicado 08 de Fevereiro de 2021 - 10h10

Por AFP

Com dois gols do astro sueco Zlatan Ibrahimovic (minutos 30 e 64) e do croata Ante Rebic (69 e 70) o Milan venceu o lanterna Crotone por 4 a 0 neste domingo, pela 21ª rodada do campeonato italiano, o que leva a equipe comandada por Stefano Pioli de volta à liderança.

A Inter era líder desde sexta-feira após vencer a Fiorentina por 2 a 0. Mas o Milan não sucumbiu à pressão de seu vizinho e eterno rival e reconquistou sua posição, com dois pontos a mais que o perseguidor.

No San Siro, o Crotone suportou a bem a pressão na primeira meia hora da partida, até que apareceu o veterano sueco, de 39 anos. "Ibra" abriu o placar com um chute indefensável de pé direito, após uma tabela com o jovem brasileiro Leão.

No segundo tempo, o astro voltou a balançar as redes, após receber um cruzamento rasteiro de Theo Hernández (64).

Com esses dois gols, Ibrahimovic ultrapassou a marca de 500 gols por clubes, chegando aos 501, aos quais se somam outros 62 marcados em 116 partidas internacionais pela Suécia.

Entrevistado no intervalo pela Sky Sport, Ibrahimovic comentou este número, ao sua estilo.

"Isso significa que já marquei alguns gols na minha carreira. O importante é continuar, ajudar a equipe da melhor maneira possível. Meu trabalho é marcar e criar situações para marcar", disse ele.

O técnico do Milan, Stefano Pioli não poupou elogios ao astro: "Ficar neste nível significa que você é um grande profissional e ele também é ajudado por aquele físico que poucos têm".

"Ele é um campeão, um atleta com grande motivação, que cuida bem do corpo. Embora às vezes fique cansado, nunca falha", acrescentou o treinador.

"Está ajudando a equipe a crescer muito", afirmou. E o treinador continuou: "Sinceramente, nunca o vi falhar. Agora os jogadores competem para ver quem chega primeiro (aos treinos) e obviamente ele está entre eles".

Com essa vitória, o Milan manteve uma distância de dois pontos em relação à Inter e tem sete a mais que a Juventus, embora o time de Turim tenha disputado um jogo a menos.

Sobre as chances de título, Pioli preferiu a cautela: "As partidas decisivas vão vir depois. Agora temos que aguentar a pressão".

"Os sete primeiros colocados estão em condições de lutar pelo título e as quatro primeiras posições", que garantem vaga na próxima Champions League.

"Ainda não é o momento de olhar muito para a tabela. Nosso objetivo é dar o nosso melhor e vencer todos os jogos", concluiu.

Nas demais partidas disputadas neste domingo, Benevento (13º) e Sampdoria (10ª) empataram em 1 a 1, enquanto a Udinese (11ª) venceu Hellas Verona (9ª) por 2 a 0 em seu estádio com um gol nos acréscimos do espanhol Gerard Deulofeu (90 + 1).

Já o Bologna derrotou o Parma fora de casa por 3 a 0 com dois gols do atacante gambiano Musa Barrow (15 e 33) e do ala Riccardo Orsolini nos acréscimos (90+2).

Escrito por:

AFP