Publicado 06 de Fevereiro de 2021 - 17h31

Por AFP

A Juventus se firmou na terceira colocação do campeonato italiano neste sábado ao vencer a Roma (4ª) por 2 a 0, com um novo gol do imprescindível Cristiano Ronaldo, um dia após seu 36º aniversário.

O campeão das últimas nove temporadas tem 42 pontos e um jogo a menos, enquanto a Roma ficou com 40. À frente, a Inter lidera com 47, depois de vencer a Fiorentina (2-0) na sexta-feira e o Milan tem um ponto a menos, antes de jogar no domingo contra o lanterna Crotone.

O astro português fez 36 anos na sexta-feira e festejou neste sábado com um chute seco de fora da área que abriu o caminho para a vitória dos "bianconeri" aos 13 minutos, aumentando assim sua vantagem na artilharia do campeonato com 16 gols, dois a mais que o atacante belga da Inter, Romelu Lukaku.

Ele poderia ter feito o segundo, mas o zagueiro brasileiro da Roma, Roger Ibañez, se lançou, enganando o goleiro e marcando contra o segundo gol da partida (70).

Autor de dois gols nesta semana na Copa da Itália contra a Inter (2-1), o português teve várias outras chances, como um chute na trave (23) e um disparo defendido pelo goleiro Pau López (42).

A Roma confirmou suas dificuldades crônicas contra seus adversários diretos. O time não venceu nenhum jogo contra os times que estão no topo da tabela.

Já a Juventus de Andrea Pirlo parece ter acertado seu rumo. Tirando o passo em falso contra a Inter no campeonato italiano (2-0) no dia 17 de janeiro, os "bianconeri", somam apenas vitórias em 2021: foram dez em dez jogos, incluindo a conquista da Supercopa da Itália.

Mais cedo a Atalanta (7º), que vencia o Torino (17º) por 3 a 0 após 20 minutos de jogo, acabou empatando em 3 a 3.

A "Dea", comandada por Gian Piero Gasperini, voltou a perder pontos em casa, uma semana depois de ser derrotada pela Lazio (1-3) e desperdiçou uma grande oportunidade de encostar na Roma (3ª) e na Juventus (4ª), que se enfrentam neste sábado.

A Atalanta começou a partida convertendo suas três primeiras chances diante do goleiro Salvatore Sirigu, do Torino, que não estava muito afinado.

Josip Ilicic abriu o placar aos 14 minutos, com um gol que foi confirmado após ter sido inicialmente invalidado devido a um suposto impedimento. Robin Gosens, aos 19, e o colombiano Luis Muriel, aos 21, ampliaram.

A reação do Torino veio primeiro com dois gols antes do intervalo: Andrea Belotti, aos 42 minutos, e Gleison Bremer nos acréscimos (45+1). Na reta final Federico Bonazzoli (84) deixou tudo igual.

Com este empate, o terceiro em três jogos sob o comando de seu novo treinador Davide Nicola, o Torino confirmou que vai defender a sua permanência na Serie A. com unhas e dentes.

A Atalanta pagou o preço de ter sua atenção focada também em outra competição: o jogo de volta das semifinais da Copa da Itália, contra o Napoli, na próxima quarta-feira, em casa, depois de empatar sem gols na ida.

Escrito por:

AFP