Publicado 05 de Fevereiro de 2021 - 17h10

Por AFP

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu classificou nesta sexta-feira (5) o Tribunal Penal Internacional (TPI) como um "tribunal político", após a instituição declarar que tem jurisdição sobre a situação dos territórios palestinos ocupados.

"Hoje, o tribunal provou mais uma vez que é um órgão político e não uma instituição judicial", afirmou Netanyahu em um comunicado, considerando que, com sua decisão, o TPI minou o "direito das democracias de se defenderem contra o terrorismo".

gl-dms/vl/jvb/mis/ic

Escrito por:

AFP