Publicado 05 de Fevereiro de 2021 - 8h51

Por AFP

Um israelense matou um palestino nesta sexta-feira em um assentamento no qual havia entrado durante a noite, ao norte da Cisjordânia, território ocupado por Israel.

Khaled Maher Nofal, 34 anos, foi "morto por colonos", afirmou a agência oficial palestina Wafa, que indicou que o exército israelense recuperou o corpo.

O exército do Estado hebreu informou que o homem foi "neutralizado" por um guarda da fazenda que havia invadido, perto da cidade palestina de Qalqilya.

Também afirmou que nenhuma arma foi encontrada com o invasor.

"Às 3H45, um terrorista entrou na fazenda de Sde Ephraim em um veículo (...) saiu do carro e correu na direção da casa (do proprietário da fazenda), gritando "Allahu Akbar" (Deus é grande) e tentando entrar na residência", afirmou o exército em um comunicado.

"Ao mesmo tempo, um segurança da fazenda detectou a presença do homem e alertou outros integrantes da segurança", completa o texto.

De acordo com o exército, o palestino correu na direção do guarda e o agrediu, mas foi "neutralizado" por outro agente que acabara de acordar e pelo dono da fazenda.

mib-cgo/gl/bfi/es/bl/fp

Escrito por:

AFP