Publicado 04 de Fevereiro de 2021 - 18h20

Por AFP

O preço do petróleo voltou a subir nesta quinta-feira (4), situando-se perto dos níveis pré-pandemia, incentivado em particular pela confiança da OPEP+ na recuperação econômica e em uma queda nas reservas de cru nos Estados Unidos.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em abril subiu 0,65%, ou 38 centavos, desde o fechamento da quarta-feira, a 58,84 dólares. Pela manhã, havia alcançado em Londres os 59,04 dólares, valor máximo desde 21 de fevereiro de 2020.

Ao mesmo tempo, o barril americano de WTI para entrega em março se valorizou 0,96% - ou 54 centavos - a 56,23 dólares. Na quarta, tinha fechado em seu nível mais alto desde janeiro de 2020.

"Os indicadores favoráveis nos Estados Unidos e uma queda nas reservas de petróleo anunciada pela EIA são suficientes para manter o impulso de alta" nos preços do petróleo, disse Jeffrey Halley, da Oanda.

Além disso, na quarta-feira, durante uma reunião, os membros da Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados se mostraram otimistas sobre a recuperação mundial e a demanda de cru.

bp-vmt/lo/mls/tly/mvv

Escrito por:

AFP