Publicado 04 de Fevereiro de 2021 - 16h20

Por Estadão Conteúdo

A Livraria Cultura fechou suas duas últimas livrarias em shopping na cidade de São Paulo: a do Villa-Lobos e a do Bourbon. Elas encerraram as atividades no domingo, 31. Na mesma data, a rede de livrarias de Pedro Herz fechou as portas no Shopping Curitiba.

Em recuperação judicial desde outubro de 2018 e com um tortuoso caminho (para trás e adiante) - de ameaça de falência, negociação com credores, pedido de mais crédito e mais dívidas- , a empresa, como todas as outras, foi afetada pelo fechamento do comércio como medida para conter o coronavírus. Em entrevista ao PublishNews, Sergio Herz, CEO da livraria, disse que o fechamento está diretamente ligado à mudança do comportamento do leitor brasileiro, que migrou parte importante de suas compras para os ambientes virtuais. O fracasso em renegociar a aluguel também motivou a decisão.

Herz disse ainda que apenas as lojas que tiverem algum retorno financeiro no curto prazo serão mantidas pela rede. E que repensam o formato das lojas.

Escrito por:

Estadão Conteúdo