Publicado 04 de Fevereiro de 2021 - 11h30

Por AFP

Os novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos, um indicador do número de demissões, caíram na semana encerrada em 30 de janeiro em 33.000 solicitações, para um nível de 779.000, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (4) pelo Departamento do Trabalho.

O nível da semana anterior foi revisado para baixo, a 35.000 pedidos, para totalizar 812.000, e com este relatório este indicador acumula três semanas consecutivas de queda.

Esses números continuam elevados e mostram os estragos da pandemia no mercado de trabalho, quando comparados ao balanço de um ano atrás, que era de 201 mil solicitações.

Enquanto isso, o número total de beneficiários, que cresceu no início de janeiro graças à extensão das ajudas por desemprego, caiu na semana de 10 a 16 de janeiro, para 17,8 milhões de pessoas. Este nível é oito vezes o nível de um ano atrás.

"O relatório de hoje é um lembrete da profunda depressão no mercado de trabalho e da importância de aprovar rapidamente um pacote de estímulo", disse Andrew Stettner, da The Century Foundation, especialista em pesquisas sobre desemprego.

ju-an/mls/mr

Escrito por:

AFP