Publicado 04 de Fevereiro de 2021 - 9h50

Por AFP

Uma jovem médica e três pacientes morreram no incêndio declarado no serviço de UTI para pacientes de covid-19 de um hospital do sul da Ucrânia, anunciaram as autoridades nesta quinta-feira (4).

O incêndio ocorreu pouco antes de meia-noite de quarta-feira em uma sala de UTI desta clínica em Zaporiyia, cidade de mais de 700.000 habitantes, informou o serviço estatal de emergências.

Os bombeiros encontraram quatro corpos e conseguiram salvar oito pessoas, duas delas feridas, segundo a mesma fonte.

As vítimas são uma médica de 27 anos e três pacientes em respiração artificial, informou o governador regional citado pela agência Interfax Ucrânia.

O presidente ucraniano, Volodimir Zelenski, expressou suas "sinceras condolências" às famílias das vítimas e enviou o ministro da Saúde, Maksim Stepanov, ao local da tragédia, segundo um comunicado da presidência.

A polícia ucraniana informou que iniciou uma investigação por "violação das normas de segurança" contra incêndios.

ant/mp/ode/mab/tjc/aa

Twitter

Escrito por:

AFP