Publicado 19 de Dezembro de 2020 - 19h05

A Arte da Guerra, escrito por Sun Tzu em 490 A.C., fala das cinco leis do combate:

A fé: antes de entrar numa batalha, é preciso acreditar no motivo da luta.

O rabino Zuya tinha tanta fé, que decidiu conhecer os mistérios divinos. Para isso, resolveu imitar a vida de Moisés.

Durante anos, tentou comportar-se como o profeta - sem conseguir os resultados esperados. Certa noite, exausto de tanto estudar, terminou adormecendo.

No sonho, Deus lhe apareceu:

- Por que você está tão perturbado, meu filho? - perguntou.

- Meus dias na Terra terminarão, e estou longe de chegar a ser como Moisés - respondeu Zuya. – Lutei com toda força que pude, sem resultados.

- Se eu precisasse de outro Moisés, já o teria criado - disse Deus. - Quando você aparecer diante de mim para o julgamento, não perguntarei porque você não foi como Moisés, mas quem você foi. Procure ser um bom Zuya.

O Companheiro: escolha seus aliados e aprenda a lutar acompanhado, porque ninguém vence uma guerra sozinho.

Um padeiro queria conhecer um grande guru, e convidou-o para jantar. Na véspera, este foi à padaria disfarçado de mendigo, pegou um pão e começou a comer. O padeiro atirou-o na rua.

No dia seguinte, o guru e um discípulo foram à casa do padeiro, e encontraram um farto banquete. No meio da comida, o discípulo perguntou:

- Como distinguir o homem bom do mau?

- Basta olhar este padeiro. É capaz de gastar dez moedas de ouro num banquete porque sou célebre, mas é incapaz de dar um pedaço de pão para alimentar um mendigo com fome.

O tempo: uma luta no inverno é diferente de uma luta no verão; um mau guerreiro não presta atenção no problema quando ele é pequeno. E quando cresce, sente-se incapaz de superá-lo.

Um vendedor de camelos chegou numa aldeia vendendo belos animais, por um ótimo preço. Todos compraram - menos o Sr.Hoosep.

Tempos mais tarde, a aldeia foi visitada por outro vendedor - com excelentes camelos, mas com preço bem mais alto. Desta vez, Hoosep comprou alguns animais.

- Você deixou de comprar os camelos quase de graça, e agora vai adquiri-los pelo dobro - criticaram os amigos.

- Aqueles que estavam baratos me eram muito caros, porque na época estava com pouco dinheiro - respondeu Hoosep. - Estes podem parecer mais caros; entretanto, para mim, são baratos, pois tenho mais que o suficiente para comprar.

O espaço: não se luta num desfiladeiro da mesma maneira que numa planície. Considere sempre o que existe de mais favorável à sua volta.

Eu caminhava por uma pequena estrada no norte da Espanha quando vi um camponês deitado num jardim.

- O senhor está amassando as flores – eu disse.

- Não – respondeu ele. – Estou tentando tirar um pouco da doçura delas.

A estratégia: o melhor guerreiro é aquele que planeja seu combate.

Os guerreiros ninja vão para o campo onde o milho acabou de ser plantado. Obedecendo ao comando do treinador, pulam por cima dos locais onde as sementes foram colocadas.

Todos os dias os guerreiros ninja voltam para o campo. A semente se transforma em broto, e eles saltam por cima. O broto se transforma em uma pequena planta, e eles saltam por cima.

Não se aborrecem. Não acham que é perda de tempo.

O milho cresce, e os saltos se tornam cada vez mais altos. Assim - quando a planta está madura - os guerreiros ninja ainda conseguem saltar sobre ela.

Por quê? Porque conhecem bem seu obstáculo.