Publicado 18 de Dezembro de 2020 - 16h53

Por Maria Teresa Costa

Dário Saadi (Republicanos) foi eleito prefeito de Campinas

Carlos Bassam/Divulgação

Dário Saadi (Republicanos) foi eleito prefeito de Campinas

O prefeito eleito Dário Saadi (Republicanos) anunciou hoje a manutenção do secretário de Assuntos Jurídicos, Peter Panutto no governo, para comandar a futura Secretaria de Justiça, e definiu Manoelito Magalhães, atual subsecretário de Orçamento e Projetos da Secretaria Estadual de Projetos, Orçamento e Gestão, do Governo do Estado de São Paulo, para a presidência da Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento (Sanasa).

Magalhães, que já participou do governo municipal nas gestões de José Roberto Magalhães Teixeira e Edivaldo Orsi quando foi implantado o primeiro programa de renda mínima do País, garantiu a manutenção da Sanasa como empresa pública. Segundo ele, a meta é ampliar a regionalização da empresa, que hoje já tem parceria com Valinhos, na modernização da Estação de Tratamento Capuava, que passará a fazer tratamento terciário do esgoto das duas cidades.

Panutto afirmou que uma de suas primeiras tarefas será elaborar uma nova lei para cargos comissionados que garantirá segurança jurídica para as futuras administrações. A Prefeitura conta com 15.146 servidores, dos quais 575 são comissionados, o que representa 3,80% do quadro, percentual que está abaixo da lei que autoriza esse tipo de contratação, que estabelece até 4%. A nova lei, segundo disse o prefeito eleito na campanha eleitoral, vai reduzir o número de cargos.

Os novos integrantes do futuro governo

Peter Panutto é o atual secretário municipal de Assuntos Jurídicos. Ele é advogado e assumiu o cargo em março de 2019. Professor titular da Faculdade de Direito da PUC-Campinas, da qual foi diretor de 1º de fevereiro de 2010 a 31 de janeiro de 2018, Panutto é doutor e mestre em Direito Constitucional pela Instituição Toledo de Ensino e membro da International Political Science Association (IPSA). Pós-doutorando no Departamento de Direito de Estado da Faculdade de Direito da USP e Professor convidado na Washington University in St. Louis (EUA). Autor de diversos livros jurídicos e artigos científicos, o novo secretário é filho de Antonio Panutto, que foi vereador em Campinas na década de 1970. Peter Panutto também atuou como assessor jurídico do prefeito Jonas Donizette quando ele exerceu mandato de deputado estadual.

Manoelito Magalhães é economista, pelo Instituto de Economia da Unicamp, atualmente é subsecretário de Orçamento e Projetos da Secretaria Estadual de Projetos, Orçamento e Gestão, do Governo do Estado de São Paulo. Foi Diretor de Gestão Corporativa da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Foi Diretor Presidente da Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano (Emplasa). Fez parte do Conselho de Administração de empresas como a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), Empresa de Tecnologia de Informação e Comunicação de São Paulo (Prodam), Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano S/A (Emplasa), Companhia de Engenharia de Trânsito (CET), São Paulo Transportes S/A ( SPTrans) e Companhia Metropolitana de Habitação (Cohab).

Escrito por:

Maria Teresa Costa