Publicado 17 de Dezembro de 2020 - 15h47

Por Maria Teresa Costa

Com 122 metros de altura e 43 pavimentos, o Sirius Patriani será o prédio mais alto de Campinas

Reprodução

Com 122 metros de altura e 43 pavimentos, o Sirius Patriani será o prédio mais alto de Campinas

Com 122 metros de altura e 43 pavimentos, um empreendimento habitacional que será construído na Avenida Aquidabã será o prédio mais alto de Campinas e desbancará o Edifício Mirante, da Avenida Moraes Salles, que desde 1974, quando foi construído, ostenta o título – o Mirante tem 90 metros de altura e 30 andares. A construção do Sirius Patriani foi anunciada hoje em live do prefeito Jonas Donizette (PSB) e pelo fundador da construtora Patriani, Valter Patriani. O lançamento está previsto para abril.

A construtora, segundo Valter Patriani, prevê investimentos de R$ 400 milhões em 2021, em quatro empreendimentos. O Sirius Patriani é um deles – o investimento previsto é de R$ 95 milhões, entre compra da área e execução de obra e tem entrega prevista para setembro de 2024. A previsão da empresa é que a construção irá gerar 1.045 empregos diretos e indiretos.

O nome dado ao edificio é uma homenagem ao projeto Sirius, a nova fonte de luz síncrotron brasileira de Campinas , que é a maior e mais complexa infraestrutura de pesquisa já construída no País. Essa máquina funciona como um grande microscópio que – ao revelar a estrutura molecular, atômica e eletrônica dos mais diversos materiais – permite pesquisas em praticamente qualquer área do conhecimento, com potencial de resolver grandes problemas da atualidade.

O prédio terá 368 apartamentos de 45 metros quadrados com varanda, um dormitório e uma vaga de garagem com depóstio no subsolo. Além disso, terá um sky view no 41º andar, todo envidraçado, com vista de 360 graus e que possibilitará uma das melhores visões panorâmicas de Campinas.

O empreendimento está em uma região onde existem três hotéis – ele ficará entre os hoteis Monreale e Ibis, e a uma quadra do Hotel Mercure. Segundo a empresa, um dos motivos para investir em Campinas é que a cidade atrai estudantes do Brasil inteiro para suas uniiversidades e apartamentos de um dormitório com muita tecnologia são indicados para para esse público.

Além disso, diz a empresa, a cidade atrai trabalhadores qualificados do Brasil inteiro para seu parque industrial e tecnológico, sem contar que o aeroporto de Viracopos, que está entre os mais importantes do Brasil é um importante hub de conexões.

“O Sirius erá construído com foco neste público qualificado e diversificado que frequenta ou passa por Campinas. As unidades de 45m², com um dormitório e churrasqueira a carvão na varanda são diferenciais exigidos por este publico”, afirma.

O prédio terá piscina aquecida e coberta, quadra de Beach Tennis, academia, vagas de garagem determinadas e com depósito no subsolo e casa de campo. Todos os apartamentos terão churrasqueira a carvão.

O Sirius tem 43 andares, sendo três de garagem, e um de sky view de 360 graus.

Escrito por:

Maria Teresa Costa