Publicado 20 de Dezembro de 2020 - 11h47

Por AFP

Milhares de pessoas se manifestaram neste domingo (20) em Belarus para exigir a renúncia do presidente Alexander Lukashenko.

Em Minsk, a capital, os manifestantes marcharam divididos em vários grupos - alguns, de dezenas de pessoas; outros, de centenas--, constatou uma jornalista da AFP.

Mais de 30 pessoas foram presas em Minsk e em outras cidades do país, segundo o centro Viasna de defesa dos Direitos Humanos.

A polícia patrulhava pelas ruas da capital com cachorros e canhões d"água, observou a repórter da AFP.

O presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko (66 anos), governa no país desde 1994 e é alvo de um movimento de protesto inédito desde sua polêmica reeleição, no início de agosto, que a oposição e países ocidentais consideram fraudulenta.

Apoiado por Moscou, Lukashenko se nega a deixar o poder e tentou amenizar os protestos anunciando várias reformas constitucionais, bastante difusas, e com uma campanha de repressão contra os manifestantes.

tk-as/mp/jvb/eg/aa

Escrito por:

AFP