Publicado 20 de Dezembro de 2020 - 8h57

Por AFP

A pandemia de coronavírus provocou ao menos 1.685.785 mortes no mundo desde que o escritório da OMS na China notificou a aparição da doença em dezembro de 2019, segundo um balanço estabelecido pela AFP neste domingo (20) às 08h00 de Brasília com base em fontes oficiais.

Desde o início da epidemia mais de 76.207.740 pessoas contraíram a doença. Delas, ao menos 48.584.100 se recuperaram, segundo as autoridades.

No sábado foram registrados no mundo 11.392 novas mortes e 629.483 contágios. Os países que registraram mais mortos segundo os últimos balanços oficiais são Estados Unidos com 2.971, Brasil (706) e México (627).

A quantidade de mortos nos Estados Unidos chegou a 316.202 com 17.659.271 casos. As autoridades consideram que 6.298.082 pessoas se recuperaram.

Depois dos Estados Unidos, os países com mais vítimas mortais são Brasil, com 186.356 mortos e 7.213.155 casos, Índia com 145.477 mortos (10.031.223 casos), México com 117.876 mortos (1.313.675 casos) e Itália, com 68.447 mortos (1.938.083 casos).

Entre os países mais afetados, a Bélgica registra a maior taxa de mortalidade, com 160 mortes a cada 100.000 habitantes, seguida pela Itália (113), Peru (112), Eslovênia (111) e Bósnia (110).

Neste domingo às 08h00 de Brasília e desde o início da epidemia, a Europa soma 514.689 mortes (23.760.572 casos), América Latina e Caribe 483.959 (14.609.974), Estados Unidos e Canadá 330.313 (18.159.017), Ásia 210.360 (13.393.621), Oriente Médio 86.760 (3.760.963), África 58.761 (2.492.919) e Oceania 943 (30.682).

Este balanço foi realizado com dados das autoridades nacionais coletados pelos escritórios da AFP e com informações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Devido às correções das autoridades ou a publicação tardia dos dados, o aumento dos números publicados em 24 horas pode não corresponder exatamente aos números do dia anterior.

bur-rbj/zm/aa

Escrito por:

AFP