Publicado 19 de Dezembro de 2020 - 20h47

Por AFP

O Canadá superou neste sábado os 500.000 casos de coronavírus, duas semanas depois de ultrapassar a marca de 400.000 casos, o que marca uma aceleração da pandemia no país com a aproximação das festas de fim de ano.

Esta tarde, o Canadá contabilizava 500.242 infecções e 14.128 mortes, de acordo com dados das províncias e territórios.

Ontário, a província mais populosa do Canadá, registrou 2.357 casos neste sábado e o Quebec 2.038, um novo recorde diário para a província de língua francesa que tem o maior número de vítimas fatais.

As novas mortes registradas hoje elevam o balanço de mortos em Ontário para 4.125 e para 7.715 em Quebec.

O Canadá, com uma população de cerca de 38 milhões de habitantes, passou de 400.000 para 500.000 casos em 15 dias, enquanto levou três meses para atingir 100.000 casos após o primeiro registrado em março.

O governo de Ontário anunciou, devido à aceleração da pandemia, uma prorrogação até 4 de janeiro do confinamento na grande metrópole canadense de Toronto e grande parte de sua região, em confinamento há quase um mês.

Em Quebec, o primeiro-ministro François Legault anunciou novas restrições até 11 de janeiro, incluindo o fechamento de negócios não essenciais e teletrabalho obrigatório.

ps/iba/mr

Escrito por:

AFP