Publicado 19 de Dezembro de 2020 - 19h37

Por AFP

O Lyon venceu o Nice por 4 a 1 fora de casa, neste sábado, na 16ª rodada da Ligue 1 francesa, e assumiu provisoriamente a liderança.

Com esse resultado, a equipe de Rudi Garcia coloca sua dose de pressão sobre Lille e Paris Saint-Germain, que começaram a rodada em primeiro e segundo, respectivamente, e se enfrentam no domingo.

O Lyon tem agora um ponto a mais que o Lille, que está agora em segundo, e dois a mais que o PSG, que caiu para a terceira posição.

O holandês Memphis Depay abriu o placar aos 32 minutos para o Lyon, que ampliou aos 39 por meio do zimbabuense Tino Kadewere.

O Nice diminuiu antes do intervalo, aos 44, graças a um gol de Amine Gouiri, mas no segundo tempo o Lyon decretou a vitória com gols do camaronês Karl Toko Ekambi (63) e Houssem Aouar (73).

O Lyon obteve a sexta vitória nos últimos sete jogos do campeonato, uma semana depois do grande triunfo por 1 a 0 no Parque dos Príncipes, em Paris.

O empate com o Brest (2-2) na quarta-feira interrompeu a ótima sequência do time, que com a vitória neste sábado, mais uma vez, confirma sua candidatura ao título desta temporada.

Já o Nice (12º) não consegue se aproximar das posições europeias ou entrar na primeira metade da tabela, mas ainda tem dez pontos de vantagem sobre a zona de rebaixamento.

O Olympique de Marselha perdeu dois valiosos pontos e não passou de um empate em casa por 1 a 1 contra o Reims, neste sábado, pela 16ª rodada da Ligue 1 francesa, apesar do seu claro domínio no jogo.

Depois de uma sequência de seis vitórias consecutivas no campeonato, o OM desacelerou esta semana, em que também perdeu por 2 a 1 para o Rennes na quarta-feira.

A equipe de André Villas-Boas é a quarta com 28 pontos e ainda tem dois jogos adiados pela frente, o que pode lhe dar um novo impulso.

Neste momento está provisoriamente a três pontos do Paris Saint-Germain (2º) e a quatro do líder Lille. As duas equipes vão se enfrentar no domingo, na partida de maior destaque do fim de semana na França.

No jogo deste sábado, no Vélodrome, o Reims saiu na frente aos 21 minutos com um gol contra do japonês Yuto Nagatomo.

O Marselha empatou aos 45 por meio de Florian Thauvin, que criticou sua equipe após o jogo.

Escrito por:

AFP